por Daniel Froes, via Razões para Acreditar

Em 2001, estava tudo planejado para o seu Evandro Almada subir a Serra da Corcova, em Iracema, no interior de Roraima. Mas um AVC interrompeu o sonho. Vinte anos depois, o idoso chegou lá, com a ajuda de pessoas que já considera parte de sua família!

Por conta do Acidente Vascular Cerebral, seu Evandro, 72 anos, perdeu os movimentos da cintura para baixo. Ele vive em um sítio que fica bem no local de acesso à serra e se tornou amigo dos montanhistas que passam por lá.

Para fazer o percurso, o aposentado contou com a ajuda de 34 voluntários do projeto Radical É Ser do Bem. Uma iniciativa super legal que permite a pessoas com dificuldades de locomoção fazer trilhas e subir montanhas.

“Cada grupo de montanhista que chegava ao sítio, ficava sabendo do sonho do tio Evandro. Ele queria viver a experiência. O desejo continuava ali, só esperando o momento de ser realizado”, conta a voluntária Márcia Rebeca.

voluntários preparam idoso cadeirante subida serra roraima
Seu Evandro é muito querido pelos montanhistas. Foto: arquivo pessoal

Foi necessário ainda utilizar uma cadeira de transporte especial, chamada Julietti, doada pelo projeto Montanha para Todos. Inclusive, tem uma entrevista bem legal com os inventores da cadeira aqui.

“O melhor presente da minha vida foi subir naquela serra. Se eu morrer amanhã, morro feliz pois meu maior sonho eu realizei. Foi uma alegria inesquecível”, agradece o idoso.

Missão Seu Evandro

Subir 1,04 mil metros de altitude até chegar ao topo da serra não foi uma tarefa fácil, tanto que foi batizada de Missão Seu Evandro. A subida durou dois dias e os voluntários precisaram se dividir em dois grupos para ultrapassar os obstáculos no caminho.

Entre eles, havia militares do Exércitobombeirosmédicos e enfermeiros. Seu Evandro estava muito bem acompanhado!

grupo aventureiros subida serra roraima
Foto: arquivo pessoal
voluntários carregam idoso cadeirante subida serra roraima
Foto: arquivo pessoal

“Foi montada uma equipe para que, quando a gente chegasse no ponto de almoço, ele já estaria pronto para a equipe que estaria carregando. Teve a equipe de revezamento da cadeira, equipe que ia montar o alojamento. Então, tudo isso foi trabalhado para minimizar o cansaço dos carregadores e agilizar o processo da subida”, explicou o alpinista Saul Pantoja.

voluntários carregam idoso cadeirante subida serra roraima
Foto: arquivo pessoal

“Foi com muita dificuldade que chegamos no acampamento, foi muito cansativo, mas ele foi uma pessoa que botou muito gás na equipe. A gente estava bem preparado, todo o lugar que a gente parava tinha um local para ele deitar. E ele sempre alegre. Ele estava sendo sempre bem tratado. Alimentação, massagem, tudo isso para não ter problema”, completa o trilheiro Fredson Guedes.

Inspiração

No coração do seu Evandro, só há espaço para gratidão e o desejo de que sua história inspire as pessoas a perseverarem na busca dos seus sonhos!

idoso sentado rede balanço sorrindo fazendo sinal positivo dedo
Acreditar com o sorriso que seu Evandro leva no rosto! Foto: arquivo pessoal

“Eu quero que essa história sirva de motivação para muitas pessoas. Que as pessoas sempre acreditem que Deus possa realizar os seus sonhos e não tem nada difícil que Deus não possa enviar pessoas pra ajudar”, conclui.

Seguimos acreditando, seu Evandro! 🌄

Fonte: G1

Matéria Original: https://razoesparaacreditar.com/voluntarios-realizam-sonho-idoso-cadeirante/