por Gabriel Pietro, via Razões para Acreditar

Uma pequena padaria do Texas perdeu inúmeros pedidos e seguidores no Facebook após publicar uma mensagem de apoio à comunidade LGBT+.

Felizmente, a tentativa de boicote gerou uma reação contrária muito mais poderosa, pois a padaria esgotou todo o seu estoque neste fim de semana graças à união da população LGBT+ local, que comprou produtos em peso de lá.

Em um post compartilhado no Facebook na última quarta (2), a ‘Confections’, localizada em Lufkin, no leste do Texas, contou que o boicote começou depois do anúncio de um biscoito em forma de coração ‘pintado’ com as cores do arco-íris.

O anúncio dizia: “Mais AMOR. Menos ódio. Feliz orgulho a todos os nossos amigos LGBTQ! Todos os amantes de biscoitos e felicidade são bem-vindos aqui“.

Lamentavelmente, alguns clientes não receberam bem a novidade: muitos cancelaram os pedidos que haviam feito e descurtiram a página da padaria; outros foram além e enviaram mensagens de ódio para o inbox do estabelecimento.

“Meu coração está pesado. Honestamente, eu nunca pensei que um post que, literalmente, diz ‘mais amor e menos ódio’ pudesse resultar nesse tipo de repercussão”, desabafou a empresa.

O texto viralizou nas redes sociais e mobilizou dezenas de clientes até o local no dia seguinte. Em menos de 24 horas, a padaria anunciou que 100% do seu estoque havia sido vendido, inclusive os pedidos cancelados pelos clientes preconceituosos.

E não parou por aí: muitas pessoas passaram a fazer doações com cartão de crédito, pois já não havia mais nada para comprar por lá. Lindo demais, né?

Chegou um momento que eram tantas doações anônimas que os donos da padaria pediram aos apoiadores que redirecionassem o dinheiro para abrigos de animais.

Que exemplo de mobilização em prol do bem!

Por fim, a repercussão foi tamanha que a Confections agora planeja criar um cronograma de doações para enviar biscoitos para asilos e instituições de caridade após o Dia dos Pais, comemorado no dia 20 de junho nos Estados Unidos.

“O Pão Que o Viado Amassou”

Já aqui em Curitiba (PR), o empreendedor Gabriel Castro, 34 anos, bombou na internet com sua padaria delivery, ‘O Pão Que O Viado Amassou’, que discute a realidade LGBTQ+ enquanto promove e conscientiza com muito bom humor a diversidade.

“Minha intenção é botar na casa das pessoas a cultura gay. Não tenho pretensão de fazer fortuna, mas quero discutir a realidade bicha com a sociedade”, cravou Gabriel em entrevista ao Razões. Confira a matéria completa clicando aqui.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Clientes se enfileiraram ao redor do quarteirão da padaria para comprar seus quitutes. Créditos: Confections / Reprodução

Matéria Original: https://razoesparaacreditar.com/padaria-vitima-boicote-ganha-apoio-lgbts/