O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse na 4ª feira (3.nov.2021) que o governo norte-americano não irá pagar indenização às famílias de imigrantes separadas na fronteira durante o governo do ex-presidente Donald Trump.

por Poder 360

As negociações, segundo o jornal The Wall Street Journal, estariam sendo conduzidas pelo Departamento de Justiça dos EUA. O valor considerado seria de cerca de US$ 450 mil por pessoa.

“Isso não vai acontecer”, disse Biden a repórteres na Casa Branca.

De acordo com o Wall Street Journal, a maior parte das famílias que cruzaram a fronteira do México de forma ilegal era formada por um dos pais e uma criança, o que pode proporcionar indenizações de quase US$ 1 milhão por família. Ao menos 940 reivindicações foram registradas até agora. O número deve aumentar, segundo fontes ouvidas pelo jornal.

Anthony D. Romero, diretor-executivo da American Civil Liberties Union, ONG (organização não governamental) que representa imigrantes em uma das ações judiciais, disse ao Wall Street Journal que as negociações continuam. Segundo ele, Biden pode não ter sido totalmente informado sobre as deliberações do Departamento de Justiça ao declarar que o pagamento não ocorrerá.

“Mas se ele cumprir o que disse, o presidente está abandonando uma promessa de campanha de fazer justiça às milhares de famílias separadas”, declarou Romero.

A indenização foi proposta para solucionar processos judiciais movidos pelas famílias imigrantes contra o governo norte-americano. Nas ações, elas argumentam que, muitas vezes, as crianças e adolescentes eram abrigadas em quartos frios e recebiam pouca assistência médica.

Crianças e adolescentes têm direito a maiores proteções legais do que os adultos, segundo a lei de imigração norte-americana. Diante disso, os pais podiam ser deportados de forma rápida, enquanto os filhos permaneciam em abrigos nos EUA ou eram direcionados à casa de parentes que moravam nos EUA.

Em fevereiro, Biden assinou ordens executivas autorizando a criação de uma força-tarefa para reunir as famílias separadas pelas políticas de imigração de Trump. O Wall Street Journal informou que o governo dos EUA já reuniu 52 famílias e 200 casos estão em fase de finalização.

Fonte: https://www.poder360.com.br/internacional/biden-diz-que-indenizacao-a-imigrantes-nao-vai-acontecer/

Imagem: Em fevereiro, Joe Biden (foto) autorizou a criação de força-tarefa para reunir as famílias separadas pelas políticas de imigração de Donald Trump Casa Branca/Divulgação