Imagens fazem parte do calendário cultural do CCBB SP e mostram o percurso dos refugiados e migrantes venezuelanos e sua integração no Brasil

Por Ana Clara Godoi, via Observatório do Terceiro Setor

A exposição fotográfica “Acolhidos: o percurso da Venezuela à integração no Brasil” chegou à capital paulista para destacar a trajetória dos refugiados e migrantes venezuelanos, a partir de histórias reais de pessoas que atravessaram a fronteira em Roraima nos últimos anos.

O acervo pertence ao fotógrafo italiano Antonello Veneri, que reside no Brasil há 12 anos. Para registrar o trajeto percorrido por essas famílias, do momento em que chegaram ao Brasil até a conquista de sua autonomia, Veneri cruzou a fronteira com a Venezuela, visitou os abrigos da Operação Acolhida em Roraima e diversas cidades que receberam venezuelanos após contratações de trabalhados intermediadas pelo projeto social Acolhidos.

“Ao visitar a exposição, o público acompanha a história de uma viagem carregada de sentimentos, de dignidade e de muita esperança. Mas, mais do que isso, a mostra permite algo ainda mais profundo e intenso, que é a experiência de olhar e ser olhado, por meio dos retratos. Eu gosto muito dessa troca. Estamos vivendo um período de grandes migrações no mundo e, dentro destas viagens, são os rostos, através dos retratos, que nos marcam. Me permito dizer que há também a minha história de migrante acolhido pelo Brasil, neste percurso”, conta o artista.

A exposição conta com fotografias e retratos, depoimentos de pessoas em entrevistas e recursos audiovisuais que proporcionam uma reflexão sobre refúgio, migração e acolhimento no Brasil. Além disso, há um espaço educativo e apresentação de vídeos do fotógrafo compartilhando histórias sobre os bastidores do projeto.

A experiência integra o calendário cultural do CCBB SP (Centro Cultural Banco do Brasil), parceira na realização do evento, e estará aberta ao público até 26 de junho, todos os dias da semana (das 8h às 20h), e também aos sábados, domingos e feriados (das 10h às 18h), no edifício do Banco do Brasil (avenida Paulista, 1230). O evento é gratuito e a classificação etária é livre. O espaço prevê todos os protocolos de segurança e controle preventivos à Covid-19.

A mostra “Acolhidos: o percurso da Venezuela à integração no Brasil tem a curadoria de Benedetta Fontana e é realizada pela AVSI Brasil (Associação Voluntários para o Serviço Internacional Brasil), com recursos financiados pelo Escritório de População, Refugiados e Migração (PRM) do governo dos EUA. Para a edição de São Paulo, a exposição conta com o patrocínio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e da Fundação Bernard van Leer.

Foto: Exposição Acolhidos SP | Divulgação

Fonte: https://observatorio3setor.org.br/noticias/exposicao-destaca-integracao-de-refugiados-venezuelanos-no-brasil/