por Roberto Ravagnani, na Carta Campinas

A doação de recursos, para as mais diversas causas sociais tem sido destaque em muitos meios de comunicação e nas nossas redes sociais.

Mas é importante saber o que são os “tais” recursos:

Acredito que a maioria das pessoas quando pensa ou lê recursos, quase que imediatamente tem a associação a dinheiro.

Natural, até por que por muito tempo fomos induzidos a isso, mas é importante ressaltar, que hoje quando nos referimos ao terceiro setor, ou as ONG’s (organizações não governamentais – termo mais conhecido) ou OSC’s (organizações da sociedade civil- termo em uso hoje), este termo recurso pode e deve ser muito mais amplo.

Recurso pode ser um serviço prestado sem a cobrança de seu custo, pode ser o fornecimento de materiais sem cobrança ou com grande desconto e também pode ser a doação de tempo.

Ai entramos no tema de nossa coluna, a doação de tempo que pode ser chamado de trabalho voluntário e com esse tipo de recurso podemos apoiar muitas causas, mas há quem não de o devido valor a esta doação e é sobre isso que quero falar.

Quanto vale seu tempo? Acredito que muito, provavelmente é um dos bens mais preciosos em nossas vidas, o tempo, quanto vale alguns minutos com quem ama, quanto vale aquele minuto que se atrasou e se livrou de um grande acidente, quanto vale o minuto que ficou com alguém e logo depois esse alguém partiu para sempre? Perguntas difíceis de responder, pois para cada um estas respostas podem ser diferentes, por isso o nosso tempo é quase impossível de mensurar seu valor, por isso se torna tão precioso.

Quando abrimos mão de parte dele para se entregar ao outro, estamos entregando um valioso recurso, com um valor incalculável e um resultado maior ainda para quem recebe este recurso.

O tempo, minutos, horas, dias, não importa é um recurso valioso para ser doado e recebido pelas organizações do Brasil e do mundo, por isso quando pensar em doar, pense em doar algo valioso.

Fonte: https://cartacampinas.com.br/2022/11/doacao-de-tempo-vale-quanto/